Pelo menos 13 tiros são disparados contra base da ROMU

Na madrugada desta segunda-feira, 30, por volta das três horas da manhã, a base da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), que se trata do grupo tático da Guarda Municipal de Cosmópolis, foi alvejada com pelo menos 13 disparos.

O local que serve de alojamento também é base da ROMO – Ronda Ostensiva de Moto – e grupos operacionais da GM.

De acordo com informações da própria Guarda Municipal, 13 perfurações foram contadas nas paredes e portas do local. Entre elas está  uma perfuração que atravessou a porta de entrada e atingiu uma mesa onde estaria um dos policiais.

Com base nos cartuchos de munição deflagrada deixada no local, as munições são de uma pistola 9 milímetros.

Ainda segundo a GM, o atentado aconteceu por volta das 3 horas da manhã  na Rua Humberto Rossetti, próximo à Praça do Gaiolão, no bairro jardim Cosmopolita e, felizmente, houve tempo para que dois GMs plantonistas no momento pudessem se proteger.

Segundo apuração, um deles se jogou no chão e buscou defesa assim que ouviu o primeiro disparo.

A porta de entrada da base, o brasão da GM e os muros ao lado ficaram marcados pelos tiros. Estes cartuchos foram recolhidos pela Polícia Civil e pela Polícia Científica do Instituto de Criminalística para investigações.

Segundo apurações, uma moto teria passado e realizado o atentado, porém, ainda não há identificação dos criminosos. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Cosmópolis foi pauta no jornalismo regional  após o ocorrido durante toda esta segunda-feira.